segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

História Do Depeche Mode : Get The Balance Right (Single)

Hoje na história do Depeche Mode (31 de janeiro de 1983):
Data de lançamento do single de Get The Balance Right, no Reino Unido.
Gravado no Blackwing Studios, é o primeiro single gravado por Alan Wilder como membro oficial do Depeche Mode.
Alan escreveu junto com Martin, o B-Side "The Great Outdoors"
A faixa não entrou no album "Construction Time Again", fez parte apenas da coletânea americana "People Are People", e também da "The Singles 81-85").
Em seu 12'' comum, existe a faixa ao vivo "Tora ! Tora! Tora!".
É o primeiro lançamento de um 12'' Limitado, em sua discografia, nesse "L12", foram incluídas faixas ao vivo : "My Secret Garden", "See You" e "Satellite"
No videoclipe, Wilder sincroniza as primeiras falas da canção, embora Dave Gahan seja o vocalista. 
O diretor Kevin Hewitt fez a suposição de que Wilder era o cantor e eles estavam muito envergonhados para apontar seu erro.




Uma grande faixa, poderia realmente ter entrado no "Construction Time Again"...
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

domingo, 30 de janeiro de 2022

História Do Martin L. Gore : Man Made Machine (With Motor) (Single)

EP lançado digitalmente em dezembro de 2011.

O vinil 12" EP  "Man Made Machine" é uma obra-prima incrível. 

Foi lançado em 30 de janeiro de 2012, no formato físico, na Europa.

Com a participação de Martin Gore nos vocais, essa faixa é dark, tem alguns samples clássicos, mas soa como novo...

As reações dos fãs do Depeche Mode e do Motor : ficarão absolutamente em êxtase. 

Alguns comentários online é dizem que a faixa "Man Made Machine" traz à mente uma versão moderna da "Personal Jesus" do Depeche Mode  - uma honra real para os caras do Motor.

Video : https://www.youtube.com/watch?v=i3YkHfQM_RM






Excelente EP, para o maravilhoso álbum de mesmo nome :






Excelente faixa, e ótimo album do Motor.
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Some Bizzare Album ! (Photographic)

Photographic (Some Bizzare Album).


No dia 30 de janeiro de 1981, foi lançado Photographic, 1º single do Depeche Mode.
A música foi originalmente gravada como demo e esta primeira versão data quando Vince Clarke foi o vocalista em "Composition Of Sound", em 1980.
No começo, a banda não estava convencida de fazer parte de uma compilação de faixas de pequenos grupos conhecidos, chamada "Some Bizzare Album". 
Mas vendo que muitas gravadoras fecharam suas portas, aceitaram a proposta do promotor de música eletrônica, Stephen John Pearce, mais conhecido como Stevo, que ao ouvi-los tocar ao vivo com o Fad Gadget, se ofereceu para incluí-los em sua compilação.
Foi assim que a primeira música do DM foi lançada em um disco! 
Stevo apenas a incluiu em sua compilação, mas não a produziu; o que foi feito exclusivamente pelo Depeche Mode.
Esta versão, de apenas 3:13 de duração, possui um som muito básico, pois foi gravada e mixada em apenas um dia!












“Some Bizzare Album” foi a primeira compilação da Some Bizzare Records de Stevo Pearce, e consistia em faixas de grupos synthpop desconhecidos na época, como: Depeche Mode, Soft Cell e Blancmange. 
Na verdade, as faixas não foram assinadas exclusivamente pela gravadora na época. 
O Depeche Mode, que mais tarde trabalhou com a Mute Records, ficou um tanto cauteloso ao ser abordado pela primeira vez por Pearce: "Não somos uma banda bizarra", protestou Vince. No entanto, eles acabaram gravando uma faixa para o álbum.


"Photographic" foi produzido por Daniel Miller. "Lembro que usamos o seqüenciador, e assim, Fletcher não precisava mais tocar baixo", disse Vince. 
Martin: "Ele é apropriado para tocar 'na hora', enquanto Fletcher e eu usamos o seqüenciador para tocar as notas. 
”Ao revelar sua maneira de escrever para o The Face, Clarke admitiu que seu principal interesse lírico era o som das palavras ao invés do significado: “Gosto da maneira como as palavras se encaixam e rimam. Por exemplo, quando escrevo uma frase, penso em como é fácil cantar, se encaixar na melodia. Eu acho que as palavras estão muito na moda."

Fontes: 'Stripped' by Jonathan Miller, 'Depeche Mode Biography' by Steve Malins, 'Dave Gahan: Depeche Mode & The Second Coming' by Trevor Baker.
Idéia da Postagem : Veronica Bussadori

Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sábado, 29 de janeiro de 2022

História Do Depeche Mode : See You (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (29 de janeiro de 1982):
Data de lançamento do single de See You, no Reino Unido.
"See You" é o quarto single no Reino Unido do Depeche Mode gravado no Blackwing Studios, e o primeiro single do Depeche Mode escrito por Martin Gore. 
O single foi lançado em 29 de janeiro de 1982 e mais tarde foi incluído no segundo álbum da banda A Broken Frame.
Foi a primeira música composta por Martin Gore, sem a ajuda de Vince Clarke 
O single lançou uma pequena turnê mundial, com o novo membro da banda Alan Wilder, embora ele não tenha contribuído para a música ou o álbum. 
Há três versões de See You : the 7'' versão única (3:55), a versão do álbum (4:34) e uma versão estendida de 12'' com uma introdução mais longa (4:50). A Extended Version e a Album Version são quase as mesmos. A Album Version vai diminuindo cerca de 20 segundos antes do 12'' remix.
O lado B para See You é a faixa Now, This Is Fun.
A versão estendida é mais longa no meio e um final prolongado, com Dave Gahan às vezes gritando : "This is Funny" em vez de "This is Real Fun".
Antes do lançamento Now, This Is Fun foi chamada de Reason For Fun.
O vídeo de "See You" foi dirigido por Julien Temple. 
Foi o primeiro vídeo com Alan Wilder. 
Ele pode ser visto tocando piano brevemente e também aparece em várias tiras de cabine fotográfica. 
A primeira parte do vídeo foi filmada na estação ferroviária de Hounslow, em Londres. 
No início do vídeo, há um megafone, muito parecido com o do "Music For The Masses", lançado cinco anos depois.
A banda não gostou do clipe, tanto que não entrou na coletânea de clipes da época : "Some Great Videos".
Wilder comentou sobre os vídeos de 1982 :
"Você pode considerar todos os vídeos de Julian Temple (See You, Meaning of Love, Leave in Silence) como um grande desastre. 
Mas é preciso lembrar que o formato dos vídeos musicais era novo e experimental naquela época. Então, não éramos os únicos a sofrer com os jovens diretores que acabaram de sair da escola de cinema."
 









Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Martin Gore (MG) : The Third Chimpanzee EP

Hoje, na História do Martin L. Gore (29 de janeiro de 2021).

Data de lançamento do EP The Third Chimpanzee, do Martin L. Gore, na Europa.

'Mandrill' é o primeiro lançamento do EP instrumental de Martin Gore, The Third Chimpanzee.

Lançado em 29 de janeiro de 2021 pela Mute. 

A faixa é uma fatia feroz de eletro, e, como as outras quatro faixas do EP, tem a marca musical extremamente atmosférica de Martin estampada por toda parte. 

'Mandrill' foi produzido e escrito por Martin e gravado este ano no Electric Ladyboy em Santa Barbara, Califórnia.

"A primeira faixa que gravei tinha um som que não era humano", explica Martin. "Parecia um primata. Decidi nomeá-lo "Howler", em homenagem a um macaco. Então, quando chegou a hora de nomear o EP, lembrei-me de ler o livro 'A Ascensão e Queda do Terceiro Chimpanzé'. Tudo fazia sentido chamá-lo assim, como o EP foi feito por um dos terceiros chimpanzés."



O The Third Chimpanzee EP está disponível para venda agora em CD, edição limitada em 12'' vinil Azul (que inclui uma estampa de arte), e digitalmente. A arte é de Pockets Warhol.

No Link : http://martingore.com/buy.html

Faixas do The Third Chimpanzee EP

1. Howler

2. Mandril

3. Capuchinho

4. Vervet

5. Fim do Howler

O visual que acompanha é uma viagem cósmica pela selva. Veja abaixo :

https://www.youtube.com/watch?v=DppPzGLjN6s&feature=emb_logo

Fonte : http://martingore.com/

Faith & Devotion !!!

JeanBong13

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

História Do Recoil : Hydrology (EP)

Hoje na História do Recoil (25 de janeiro de 1988):

Data de lançamento do EP Hydrology, no Reino Unido.

Hydrology é o segundo EP do Recoil (Projeto do Alan Wilder), lançado em 25 de janeiro de 1988.

A versão de CD e K7 incluiu o primeiro lançamento, o EP : 1+2.

Wilder não conseguiu promover seu novo álbum por causa do início da "Music for the Masses Tour", com o Depeche Mode.

Ele descreveu o projeto nesta fase como "um antídoto para o Depeche Mode em alguns aspectos; uma maneira de aliviar as frustrações de sempre trabalhar dentro de um formato pop.

O CD de Hydrology Plus 1+2 foi relançado em 2007, novamente pela Mute Records. A listagem de faixas e a arte permanecem as mesmas.

EP :


CD : 



K7:





Projeto, até então, paralelo do Alan Wilder. Bem experimental.
Faith & Devotion !!!
JeanBong13