segunda-feira, 6 de fevereiro de 2023

Andy Fletcher é homenageado no segmento "In Memoriam" do Grammy Awards 2023.

A 65.ª cerimônia anual do Grammy Awards foi realizada em 5 de fevereiro de 2023 na Crypto.com Arena, em Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos.

Reconheceu as melhores gravações, composições e artistas do ano de elegibilidade, de 1 de outubro de 2021 a 30 de setembro de 2022.

No segmento, "In Memoriam" (que deixou alguns artistas de fora, infelizmente), tivemos várias homenagens :

Mick Fleetwood, do Fleetwood Mac, prestou homenagem à falecida colega de banda Christine McVie, após sua morte aos 79 anos no final do ano passado, em uma apresentação de "Songbird" com Bonnie Raitt e Sheryl Crow.

Entre os outros artistas que morreram no ano passado que foram lembrados, em gráficos em uma tela no palco, estavam David Crosby, Naomi Judd, Olivia Newton-John, Jeff Beck, Ramsey Lewis, Lisa Marie Presley, Jerry Lee Lewis e Fred E. White de Earth Wind & Fire.

A homenagem também incluiu Anita Pointer, Coolio, Irene Cara, Hurricane G, Stephen 'tWitch' Boss, Ronnie Hawkins, Andrew Fletcher do Depeche Mode, o compositor Vangelis e Jim Seals do Seals and Crofts.

Também tivemos Erasmo Carlos, Gal Costa.

O apresentador do programa, Trevor Noah, apresentou o segmento dizendo: 'Sabe, quando você olha para ela, a música é composta de quatro elementos principais: ritmo, batidas, melodia e harmonia.

'E eu tenho pensado muito sobre esse último no ano passado, harmonia. Diferentes notas se juntando em um momento para fazer algo mais bonito.'

Ele continuou: 'Agora, gostaríamos de reservar um momento para lembrar algumas das grandes pessoas da música que perdemos este ano e refletir sobre toda a luz que eles trouxeram para nossas vidas.'

Alguns detalhes sobre a premiação :

Anitta concorreu na categoria de revelação do ano, mas não levou o troféu.

Viola Davis levou o Grammy e entrou para a seleta lista dos artistas que já levaram para casa : Oscar, Emmy e Tony.

Outro destaque da noite foi Beyoncé, que bateu o recorde como a maior vencedora da história do Grammy, com 32 estatuetas.

Veja abaixo alguns  dos principais vencedores:

- Álbum do Ano : Harry's House - Harry Styles

- Revelação do ano : Samara Joy

- Gravação do Ano : "About Damn Time" - Lizzo

- Canção do ano : Just Like That - Bonnie Raitt

- Melhor performance solo pop :  "Easy On Me" - Adele 

- Melhor álbum dance/eletrônica : Renaissance - Beyoncé

- Melhor álbum pop : Harry's House - Harry Styles

- Melhor Gravação de Audiolivro, Narração e Storytelling : Finding Me - Viola Davis

- Melhor gravação dance/eletrônica : Beyoncé - "Break My Soul"

- Melhor álbum vocal de jazz : Linger Awhile - Samara Joy

- Melhor canção de metal : Degradation Rules - Ozzy Osbourne e Tony Iommi

- Melhor álbum de rock : Patient Number 9 - Ozzy Osbourne 

Faith & Devotion !!!
JeanBong13

domingo, 5 de fevereiro de 2023

História Do Depeche Mode : Enjoy The Silence (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (05 de fevereiro de 1990):
Data de lançamento do single de Enjoy The Silence, no Reino Unido.
"Enjoy the Silence" é vigésimo quarto single do Depeche Mode.
A canção foi escrita por Martin Gore e foi o segundo single do álbum Violator.
O single possui certificado de ouro nos Estados Unidos e Alemanha. 
A canção ganhou a categoria Melhor Single Britânico no BRIT Awards 1991.








No dia 5 de fevereiro de 1990, na Inglaterra, uma das faixas mais adoradas foi lançada e, para muitos, o hino devotee em excelência: Enjoy the Silence, pertencente ao sétimo álbum da banda: "Violator".
O incrível Martin Gore compôs uma canção muito profunda e poética: "As palavras podem nos lacerar muitas vezes, é melhor ficar quieto e não dizer nada".
Enjoy The Silence foi composta, gravada e cantada como uma balada acústica de Martin L. Gore.
A versão mais próxima do "original" que entraria para o album/demo, é a versão "Harmonium" que está no single, acústica, tocada apenas com um orgão.
Martín apresentou na época, demos muito básicas, apenas com uma base de piano ou guitarra, em comparação com as demos mais elaboradas que ele apresenta atualmente à banda.
Alan Wilder: "Quando ouvi a demo de Enjoy The Silence pela primeira vez, pensei que Neil Tennant pudesse cantá-la. 'All I ever wanted' me lembrava o Pet Shop Boys!
As demos do Martin sempre eram cheias de letras, mas musicalmente elas podiam variar. 
Flood e eu trabalhamos na faixa de apoio antes de chamar Martin para tocar o riff da guitarra."
Alan Wilder (membro da banda 1982-1995), viu que Enjoy The Silence tinha tanto potencial para ficar apenas como uma balada tímida e fez uma composição de música eletrônica com base ritmicamente mais sofisticada do que em outras músicas da banda.
Todos os membros do grupo ficaram muito satisfeitos com o resultado e Martin também acrescentou partes de guitarra e deu voz a Dave Gahan, acompanhando-o apenas no refrão.
A música foi feita para "fechar o lado B" do album Violator, depois da reestruturação, ela "abria o lado B". 
E foi escolhida para ser lançada em single.
"Enjoy the Silence", depressa se tornou num éxito e no single mais popular da banda até então. 
Mesmo mais de três décadas após o lançamento, continua a ser uma das imagens de marca do Depeche Mode e um dos temas favoritos dos fãs, com presença obrigatória em todos os concertos.
Seus B-Sides são : "Memphisto" (no 7") e "Sibeling" (no 12").
O vídeo da versão original foi realizado por Anton Corbijn e filmado em diversos países europeus como Portugal, Espanha e Suíça.
O vídeo é uma alternância de imagens da banda em preto e branco, com cenas que mostram o vocalista David Gahan disfarçado de rei (com coroa e manto) e com uma cadeira desdobrável debaixo do braço.
O personagem passeia por diversas paisagens, em busca do silêncio, incluindo as planícies do Alentejo e praias do Algarve, até encontrar a paz num cenário montanhoso, coberto de neve.
De acordo com o DM, as fotos feitas na neve representaram um desafio para Dave Gahan devido ao frio intenso.
Um vídeo cujo tema nos lembra o "Pequeno Príncipe" de Saint-Exupéry.
Vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=aGSKrC7dGcY





Cartão Postal :


Posters de Divulgação :


Vídeo promocional do World Trade Center :
Em 1990, um vídeo promocional de "Enjoy the Silence" foi filmado pela TV francesa (para o programa de TV "Champs-Élysées" com Michel Drucker) com o Depeche Mode dublando a música, eles estavam no topo do World Trade Center, no observatório.

Texto : Verônica Bussadori & Wikipédia
Adaptação e Complemento : JeanBong13
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023

Ghosts Again faixa do novo single será lançada em 09 de fevereiro. (Hoje apenas postaram mais divulgações da nova arte do DM pelo mundo todo)

Ao zerar o cronômetro, o que eles revelaram é que a data do single é dia 09 de fevereiro.

Hoje, apenas postaram as divulgações da arte em outros países, conforme tínhamos divulgado no post anterior.

E confirmaram que o nome da faixa será Ghosts Again.


Foi uma divulgação bem diferente do que todos esperavam...

Pedimos desculpas aos fãs, mas, talvez seja essa a idéia deles : criar uma grande expectativa.

Até no "Almost Predictable', já explicaram o assunto :

Agora é aguardar...

Faith & Devotion !!!

JeanBong13

História Do Depeche Mode : Barrel Of A Gun (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (03 de fevereiro de 1997):
Data de lançamento do single de Barrel Of A Gun, no Reino Unido.








"Barrel of a Gun", é o primeiro single, do nono album do Depeche Mode, o Ultra. 
Marcou o início de uma nova era na banda, após a saída de Alan Wilder. 
Um single com um som entre Industrial, Synthpunk e Trip Hop (Tricky, Prodigy, por exemplo). 
De alguma forma, o DM optou pelas tendências que surgiram na época. 
Alcançou o número 4 na parada britânica em 1997, que na época era sua posição mais alta em conjunto com "People Are People", lançado em 1984. 
Desde então, "Precious" também alcançou o número 4 no Reino Unido, em 2005.
A letra que Martin Gore nos dá é absolutamente transparente, a banda na época estava lidando com seus próprios demônios, especialmente Dave Gahan, que estava à beira do suicídio devido ao abuso de drogas. 
As letras nos fazem pensar em uma alma torturada, desorientada e cansada, um ser cheio de dor que procura uma saída que contempla o cano de uma arma como solução, mas não é incentivado a puxar o gatilho.
O B-side é um instrumental de mais de 7 minutos chamado "Painkiller", que reflete o novo ângulo sujo-eletrônico e vagamente rock da banda. Uma versão reduzida aparece como uma faixa escondida no álbum Ultra como "Junior Painkiller".
O videoclipe de "Barrel of a Gun" é dirigido por Anton Corbijn, colaborador visual de longa data do DM. 
Ele apresenta Gahan com cabelos longos cantando com os olhos fechados, com olhos desenhados em suas pálpebras para fazer parecer que estão abertos.
Durante as gravações desse vídeo no Marrocos que o Dave teve uma infeção alimentar que quase o matou. (justamente na mesma época em que ainda estava se recuperando da abstinência das drogas.)





Texto : Verônica Bussadori, Jadir Lee e JeanBong13.
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2023

Nova arte para os lançamentos de 2023 começam a aparecer...

Alguns dias atrás havia uma parede com apenas marcas no novo canal D|M Discord, agora você pode ver o progresso da nova arte do Depeche Mode no mural em LA.








Depeche Mode está preparando uma promoção especial para diferentes cidades do mundo!

A arte para a capa do novo single ou do álbum do Depeche Mode já está em cartazes de rua em alguns países (foto na Polónia).

O poster enigmático remete apenas para um código QR que depois de lido remete para o Instagram com um filtro Memento Mori e um áudio com os já conhecidos acordes instrumentais do início da nova canção da banda.

A autoria é da capa é de Anton Corbijn, que sobre um fundo preto ecinza faz destacar o que aparentam ser dois arranjos florais brancos em forma de asas de anjo.



"Desta vez é diferente, porque Fletch fez falta, como membro fundador da banda, que nos acompanhou durante décadas e nos arrancou um sorriso em quase todos os lançamentos quando falava: "Este é um dos nossos melhores".

Por mais que esperemos ansiosos pelo novo material de Martin e Dave, continuamos entristecidos com esta perda dolorosa.

Pensamos em você hoje, Fletch... O tempo é efêmero, vamos ver o que nos reserva."

Faith & Devotion !!!

JeanBong13