sábado, 27 de fevereiro de 2021

Hoje na História do VCMG : Single Blip - EP2

Hoje na História do VCMG (27 de fevereiro de 2012):

Data de lançamento do EP Single Blip, no Reino Unido.


"Single Blip" é o segundo EP lançado pelo VCMG , o dueto dos músicos Vince Clarke e Martin Gore , lançado em 27 de fevereiro de 2012 pelo selo inglês Mute Records , do álbum Ssss do mesmo ano.








Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sábado, 20 de fevereiro de 2021

Parabéns Peter Gordeno !

E os Parabéns de hoje vai para Peter Gordeno, que completa em 20 de fevereiro, mais um ano de vida !




Peter Gordeno (20 de fevereiro de 1964) é um compositor, produtor britânico e músico, que está como integrante de apoio nas turnês do Depeche Mode desde 1998. 

Ele executa partes de teclado no lugar do Alan Wilder, bem como vocais de apoio ocasionais e baixo. 

Ele e Andrew Phillpott tocaram como músicos de apoio, junto com Martin L. Gore na sua turnê chamada "A Night with Martin L. Gore" em 2003.

Seu pai era o coreógrafo e dançarino Peter Gordeno. A mãe dele é Angela Wallace. Ele também tem um irmão e uma irmã.

Ele tem sido creditado desde o início da década de 1990, por escrever, tocar instrumentos, produzir e fornecer backing vocals em vários singles e álbuns completos de uma série de artistas da cena pop.

Ele foi o líder musical na faixa "Miss Sarajevo" do projeto "Songs from Last Century" de George Michael. 

Mas, para a Depeche Mode Brasil, será sempre nosso integrante de apoio ao lado do baterista Christian Eigner, fazendo o DM, uma banda mais orgânica !

Parabéns Peter !

Faith & Devotion !!!

JeanBong13


História Do Depeche Mode : Dreaming Of Me (Single)

Hoje na história do Depeche Mode (20 de fevereiro de 1981):
Data de lançamento do single de Dreaming Of Me, no Reino Unido.
"Dreaming of Me" é o primeiro single do Depeche Mode. 
Foi gravado no Blackwing Studios e originalmente lançado em 20 de fevereiro de 1981 no Reino Unido.
Não foi lançado comercialmente nos Estados Unidos.
Quando esse single saiu, eles não tinham o álbum Speak & Spell ainda.
Existem duas versões dessa música, uma que tem um final e a alternativa, que não tem.
3:46 (single version) e 4:03 (no-fade/album version)
A versão que "no fade/album version" faz parte da remasterização do álbum Speak & Spell, lançado na Europa.
Quanto a outra versão, (single version) está na edição americana de "Speak & Spell" e em qualquer outra compilação.
É uma música que fala sobre sonhar consigo mesmo, em termos de recordações e compara essa ação a passagem de um filme.
Isso pode ser creditado a paixão que Vince Clarke tem por fotografia e equipamentos de filmagem.
Devido a uma colocação ruim nas paradas no Reino Unido (nº 57), "Dreaming of Me" não apareceu originalmente em Speak and Spell, mas apareceu no relançado do CD como uma faixa bônus.
No lançamento americano, "Dreaming of Me" estava originalmente no álbum, no lugar da música "Sometimes I Wish I Was Dead".
No relançamento remasterizado mundial, ela foi incluída no final do álbum, com a versão inglesa precedendo-a.
O seu lado B, "Ice Machine", é bem creditado pela banda; tanto que foi incluída sendo executada ao vivo como lado B novamente, no single "Blasphemous Rumours".
Vince Clarke compôs ambas as faixas do single.
Exatamente 30 anos depois que "Dreaming of Me" foi lançado pela primeira vez no Reino Unido, uma ação flash mob tentou empurrar a faixa de volta para as paradas baixando-a online. A ação falhou, exceto na Alemanha, onde a faixa entrou nas paradas de singles pela primeira vez no número 45 dando à banda sua 47ª entrada nas paradas.







Primeiro single do Depeche Mode.
(e não saiu na época em formato 12'', apenas em formato 7'' mesmo.)
Agora, com o relançamento dos boxes de 12'' dos albuns, transformaram o 7'' num 12''.

Fonte : Wikipédia - Adaptação de texto : JeanBong13
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Depeche Mode & Alan Wilder ! (Royal Albert Hall - 17 02 2010)

Foi um dia de muita emoção para os fãs presentes no show, e um dia que entrou para a história da banda.

(Muitos acreditavam que ali estava um sinal de volta do Alan ao DM).

No dia 17/02/2010, no Royal Albert Hall, Alan Wilder voltava ao palco junto com o Depeche Mode para interpretar 'Somebody'.

Este foi um show especial para o "Teenage Cancer Trust" (Fundação de Caridade que Roger Daltrey - do The Who ajuda).

Aliás diga-se de passagem, o Depeche Mode conseguiu levantar uma boa quantia em dinheiro para a entidade.

Alguns músicos adicionais tocaram cordas em One Caress, Home e Come Back. 

(Esta foi a última vez que Come Back foi tocada ao vivo.)

Alan Wilder juntou-se a Martin Gore no palco para cantar Somebody. 


Aqui, o vídeo do ensaio deles : https://www.youtube.com/watch?v=eheap5Ntbc4

E existe uma versão bem interessante da hora do show, no youtube : https://youtu.be/HRknOGPwwVc

O Set List :


A capa do cd, da série "Live Here Now" :


Excelente surpresa, excelente show !
Faith & Devotion !!!
JeanBong13




segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

História Do Depeche Mode : I Feel You (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (15 de fevereiro de 1993):
Data de lançamento do single de I Feel You, no Reino Unido.










É o 27º single do Depeche Mode e o primeiro para a divulgação do album Songs Of Faith & Devotion.
A canção alcançou o oitavo lugar na Uk Singles Chart e também ficou em primeiro lugar e número três nas paradas modern rock tracks e Hot Dance Club Play dos EUA, respectivamente. 
Foi o single mais alto da banda em todo o mundo. 
A canção é ostensivamente sobre a "conexão" entre dois indivíduos.
A faixa demonstra um som mais para o rock, usando mais instrumentos não eletrônicos do que nunca. 
Por exemplo, Alan Wilder toca bateria, e Martin Gore toca guitarra, mas com sons eletrônicos ainda incluídos. 
A versão 7'' de  I Feel You é a mesma da versão do álbum. 
The Throb Mix é uma versão 12'' mas com letras incompletas. 
Uma parte do Swamp Mix; é usado como um interlúdio no álbum Songs of Faith and Devotion entre Get Right With Me e Rush, isso também foi usado na introdução para os arranjos ao vivo de I Feel You que foram tocados durante suas turnês Devotional E Summer Tour.
Na capa de "I Feel You", há quatro símbolos, cada um representando um integrante. 
Existe um número no canto de cada símbolo, que é a data de nascimento do integrante da banda, ou você pode combinar os símbolos com os símbolos na capa de Songs of Faith and Devotion, que se sobrepõem a uma imagem do membro da banda.
O B-Side é "One Caress", que é uma faixa vocal de Martin de Songs of Faith and Devotion. 
Nos EUA, Sire / Reprise lançou "One Caress" como single só para promoção. 
Uma cópia promocional tem a versão original, e a outra tem a versão de Songs of Faith e Devotion Live. 
Não há remix para essa música.
O vídeo de I Feel You tem a participação da modelo e atriz inglesa Lysette Anthony e foi dirigido por Anton Corbijn e também foi indicado para o MTV Music Awards em 03 de setembro de 1993.
Há também um videoclipe para "One Caress", dirigido por Kevin Kerslake, que foi filmado durante um dos dias de folga da Turnê Devotional nos EUA. 
Foi um vídeo só para promoção que foi lançado mais tarde no The Videos 86>98. 
Antes de sua inclusão em The Videos 86>98, o videoclipe de "One Caress" era frequentemente transmitido no bloco de vídeos De Rock Alternativo da MTV 120 Minutes e Sky-1.

Faith & Devotion !!! 
JeanBong13

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Bruno Gouveia (do Biquini Cavadão) regrava Halo do Depeche Mode.

Bruno Gouveia gravou com artistas alternativos cariocas uma música do Depeche Mode para celebrar os 30 anos de Violator. 

Em junho do ano passado, Patrick Laplan, baixista, baterista, produtor e ex-Los Hermanos, entrou em contato com Bruno Gouveia, cantor do Biquini Cavadão, para gravarem uma música do Depeche. 

“Estávamos começando a ficar inquietos com a pandemia, após três meses confinados. Laplan tocou contrabaixo no Biquini Cavadão por oito anos, participei do primeiro disco de sua banda (Eskimo), e foi num papo que tivemos naquele mês de junho que surgiu a ideia de levarmos um som. 

Ele sugeriu Depeche Mode, que ele sabe o quanto adoro, e eu sugeri Halo, uma música do disco Violator que havia completado trinta anos” (em março de 2020) - conta Bruno. 

Patrick então convidou dois grandes músicos alternativos cariocas :

Guila é baixista e fiel escudeiro de Lenine há 16 anos. 

Gabriel Ventura, ex-Ventre e agora prestes a lançar um disco solo, também coleciona trabalhos realizados com Duda Brack e Cícero na guitarra. 

E foi com esta sonoridade e a voz grave de Bruno que imergiram no universo de Halo.

Laplan produziu a faixa. Aliás, ultimamente tem mergulhado neste campo: co-produziu algumas do novo disco de Duda Beat, e também do próprio Gabriel Ventura, ambos que estão pra sair. 

Artisticamente, realizou projetos como o 2BUNK, em meio ao desenvolvimento de seu primeiro disco solo. 

A regravação do Depeche, para todos, é uma pausa para o recreio. 

Um momento em que todos puderam por alguns instantes se desligar da pandemia para fazerem o que mais gostam: se divertir tocando. 

A canção chegou às plataformas digitais nesta sexta-feira, 12 de Fevereiro, incluindo um clipe caseiro, com o distanciamento imperando.

Vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=GrQSLyxnjPU&feature=emb_logo

Fonte : https://www.facebook.com/biquinicavadao/

A versão ficou simplesmente demais, Parabéns à todos !!!

Faith & Devotion !!!

JeanBong13




Parabéns Daniel Miller !!!

Parabéns Daniel Miller !!!
Daniel Otto Joachim Miller (nascido em 14 de fevereiro de 1951, em Marylebone, Londres) é um produtor musical britânico e fundador da Mute Records.
Além de bandas como The Normal, Silicon Teens, Duet Emmo, produziu e remixou muitos outros.
Faz também seus "Dj's Sets". Em 19 de março de 2010, em Berlin, ao lado de Gareth Jones, fez um especialmente para o album "Construction Time Again" do Depeche Mode.









Uma das pessoas mais importantes para o Depeche Mode estar com sua carreira estabelecida e com muito sucesso !
Montagem de Fotos em Preto E Branco :  Depeche Mode Europe (Dica da) : Veronica Bussadori

Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sábado, 13 de fevereiro de 2021

História Do Depeche Mode : Everything Counts '89 (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (13 de fevereiro de 1989):
Data de lançamento do single de Everything Counts, no Reino Unido.






Durante a Music For The Masses Tour, a banda usou Everything Counts como o bis final e em 1989, a canção seria relançada como single em forma "ao vivo", para promover o álbum 101.
Todas as faixas ao vivo foram gravadas em 18 de junho de 1988 no Pasadena Rose Bowl durante a apresentação final da Music for the Masses Tour.
Esta versão é famosa pela gravação da multidão continuando a cantar o refrão muito depois que a música parou.
As faixas do single, são o complemento do vinil. (Faixas que não entraram no vinil : Nothing, Sacred, A Question Of Lust).
Mas que na época, eram exclusivas para o formato cd.
E também foi a primeira vez que o Depeche Mode lançou um formato em vinil limitado e numerado de 10''.
No single, inclui o Bomb The Bass Mix de Everything Counts por Tim Simenon e Mark Saunders. 
Everything Counts (Live), o vídeo foi dirigido por D.A. Pennebaker.
O vídeo não inclui apenas partes da apresentação ao vivo, mas contém várias referências ao dinheiro feito a partir de mercadorias e vendas de ingressos no concerto, bem-humorado, ligado ao tema da canção de corrupção e ganância.

Faith & Devotion !!!
JeanBong13

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Spirits In The Forest / Live Spirits Autografados para os fãs e itens raros para os Vips da Global Spirit Tour !

... E depois de algum tempinho, o Depeche Mode cumpriu o prometido :

Está chegando na casa dos nossos queridos "Spirits" que participaram do documentário, um presente muito legal :

Uma edição autografada pela banda do cd/dvd  "Spirits In The Forest / Live Spirits".

E o pedido começou dessa forma :

Eles criaram coragem e pediram o dvd autografado de presente e...  a banda topou !

Inicialmente com uma data de entrega próxima ao Rock N Roll Of Fame, ou seja, maio de 2020 para frente. 

Devem ter escolhido essa data, pois era mais fácil para pegar os autógrafos rapidamente.

(por causa da pandemia, acabou não rolando a apresentação no Rock N Roll Of Fame e a entrega acabou ficando sem data)

Tempos depois, uma moça da Sony Music pediu para que cada um confirmasse seu endereço. 

E a partir da semana passada, nossos "Spirits" começaram a receber seus presentes, sendo que a data de envio foi perto de 02/02/2021.

Realmente "a cereja do bolo" para os queridos : Daniel, Dicken, Cristian, Indra, Liz e Carine !!!

Que também ganharam alguns itens exclusivos :

Bolsa The North Face com o logo do DM.


Ipad Pro 12, 9" 512 GB !

Além disso, a Global Spirit Tour, foi repleta de itens exclusivos para o pessoal vip :

001 Bolsa & Vip Pass :


002 Garrafa & Chaveiro & Poster & Sacola & Vip Pass :


003 Alto-Falante Bluetooth & Sacola & Vip Pass :



O Depeche Mode já tinha itens promocionais difíceis de conseguir e agora existem itens exclusivos e limitados para os VIPS !
Cada dia mais complicado colecionar material do DM.
Os itens são lindos... sorte dos VIPS.
E parabéns para os nossos queridos "Spirits".

Faith & Devotion !!!
JeanBong13