segunda-feira, 22 de junho de 2020

Live Spirits : Transmissão e pré venda...

O LiVE SPiRiTS será transmitido ao vivo, pela primeira vez, no canal da Live Nation nesta quinta-feira, 25/06/2020, as 16:00 hs no Brasil :



"Assista ao LiVE SPiRiTS, o show nunca visto antes do Waldbühne, Berlim, UMA VEZ SOMENTE transmitindo em todo o mundo no canal do Live Nation no YouTube na quinta-feira, 25 de junho, ao meio-dia PDT / 15:00 EDT / 20:00 BST / 21:00 CEST. (16:00 hs no Brasil !).

Você pode fazer o pré-pedido agora e adquiri-lo em DVD / Blu-ray na sexta-feira, 26 de junho.


Veja agora "Cover Me" (do LiVE SPiRiTS) no YouTube :
https://DepecheMode.lnk.to/CML

E aqui você pode ver o "Unboxing" Do Spirits In The Forest, com os fãs ! (Daniel Cassus e os outros espíritos !!!) :
https://www.youtube.com/watch?v=j5m7pjIZgCM


Esse show, é o melhor show do DM, desde a Exciter Tour, na minha opinião !
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

domingo, 14 de junho de 2020

Depeche Mode : 40 Anos !!! Detalhes da sua (Pré) História !

A data de 14 de junho de 1980 possui um detalhe muito especial : é o primeiro show do Composition of Sound com o novo vocalista, Dave Gahan, na Nicholas School.




Foto de Deb Danahay

É reconhecida como a data em que o "Depeche Mode" surgiu.





O cartaz foi projetado pelo irmão de Vince, Rodney Martin, e o show em si foi organizado por Steve Burton. 
(E o French Look, que também está no cartaz era outra banda da qual o Martin fazia parte.)

O "provável set list" foi esse :
01 - Ice Machine
02 - Virginia Plain (Roxy Music Cover)
03 - Mirror Is Standing
04 - Television Set
05 - Photographic
06 - Then I Kissed Her (The Crystals Cover - 1963, também gravada pelos The Beach Boys, em 1965.)
07 - Big Muff
08 - Sunday Morning (Música do Composition Of Sound, executada somente umas duas ou três vezes ao vivo).

Então : Parabéns ao Depeche Mode, pelos seus 40 Anos de existência !!!
Foram feitos mais alguns shows como Composition Of Sound.


E em 24 de setembro de 1980, a banda já passou a usar o nome de Depeche Mode.






Alguns detalhes sobre as músicas raras executadas durante essa tourné 1980 :

Price of Love - Já era da fase "Bridgehouse", foi escrita por The Everly Brothers.
Radio News - Nunca foi gravada.
Mouldy Dough - Cover de uma banda dos anos 70, "Lieutenant Pigeon".
Secrets - nome correto : Unmarked (está no album do Yazoo, 1983)
Mirror Is Standing - Ninguém se lembra dessa música.
Boys - Boys Say Go !
Reason Man - Foi tocada depois de 1980.
Bright Light - Photographic
Then I Kissed Her - Cover de uma banda dos anos 50,  "The Crystals", originalmente chamada de "Then He Kissed Me". (também foi gravado pelos The Beach Boys).
Sunday Morning - Canção bem antiga do Composition, poucas vezes executada.
Mama Mia - Abba Cover, usada na Backing Tape para Photographic.
Operator - Mudou o nome para Puppets.
Sometimes I Wish/Sometimes Dead - I Sometimes Wish I Was Dead.
Pretty Boy - What's Your Name ?
Addiction - Equivocadamente chamada de "Ghost Of Modern Times" - Segundo um artigo do Daryl Bamonte.
Television Set - Escrito por Jason Knott.
Tomorrow's Dance - Compositor Desconhecido.

Uma foto da "Bong Magazine", falando sobre as músicas :


E aqui, um resumo do comecinho dos integrantes da banda, antes do "Composition Of Sound" / "Depeche Mode" :
Os integrantes do Depeche Mode, participaram de muitas bandas, entre 1976 e 1980.

'Kev & Vince' ou 'Nathan' como algumas outras pessoas a chamavam, foi uma banda ativa de 1976 até 1979.
Esta foi a primeira banda que Vince Clarke se juntou, pouco depois de terminar o ensino médio. (Vince : vocais, guitarras, violino - Kevin Walker : vocais, bateria, guitarra)
Clarke estava participando das reuniões da Youth Fellowship em Basildon que eram lideradas por Kevin Walker.
Walker, três anos mais velho que Clarke, era o líder da Youth Fellowship, e costumava tocar músicas gospel com as crianças de lá.
Antes de formar a Kev & Vince, Walker também havia formado uma banda cristã com o amigo Chris Briggs, que se chamava 'Insight'.
Briggs então se tornou o gerente da Kev & Vince, e outro amigo chamado Billy Slatter os ajudou com a agenda de shows.
Kevin e Vince concordaram em formar uma espécie de Simon & Garfunkel tipo de duo, e ensaiaria no apartamento de Vince.
Kevin inicialmente escreveria todas as músicas, combinando-as com algumas capas, mas então Vince começou a escrever músicas também. Vince disse que as músicas eram happy-clappy, tipo como rimas de berçário coisas simplistas, mas sempre melódicas.
Kevin descreveu uma música como sendo como um gabarito irlandês com muita guitarra rítmica, e em que Vince brincava de tocar violino.
Embora as músicas não fossem necessariamente cristãs, elas tinham uma mensagem.
Kevin escreveu uma música chamada 'Nathan', sobre um solitário à deriva de um lugar para outro que não tinha qualquer objetivo na vida.
Chris Briggs sugeriu que eles se chamassem de 'Nathan', e também se refere a eles como tal em uma entrevista para uma biografia de 2011 do Depeche Mode por Simon Spence, mas Kevin responde que ele nunca se sentiu confortável com esse nome.
Embora Kevin e Vince tivessem empregos e faculdade para se preocupar, eles tocaram sets de 40 minutos algumas vezes em faculdades locais, locais da igreja, salões comunitários como o Basildon Arts Centre e o Brentwood Centre, festivais ao ar livre, bem como em locais em Staffordshire e Birmingham.
Eles também tocaram ao vivo na Rádio Basildon, onde Briggs era um vice-gerente de estação na Equipe de Programas Religiosos.
Diz-se que algumas fitas de rolo ainda existem desses registros.
   
Entre 1977 e 1979, Martin L. Gore era parte de uma dupla acústica chamada "Norman and the Worms", com o também amigo de escola Philip Burdett (atualmente, um cantor de música folk) nos vocais e Martin responsável pelo violão. (Foi a primeira banda do Martin e Phil é responsável pela criação da banda.)





Por volta de maio de 1979, quando os colegas de escola Vince Clarke e Andy Fletcher formaram uma banda influenciada pelo Cure chamada "No Romance In China", com Clarke nos vocais e guitarra e Fletcher no baixo, Sue Paget na guitarra e Pete Hobbs na bateria.


Entre outono de 1979 e início de 1980, Vince Clarke fazia vocais, guitarras e sintetizadores no "The Plan", com o amigo de escola Robert Marlow nos vocais, Perry Bamonte na guitarra e Paul Langwith na bateria.


Em 1979, com Robert Marlow nos vocais e teclados, Martin L. Gore na guitarra, Vince Clarke e Paul Redmond nos teclados, o grupo formou a banda "The French Look".
Já em março de 1980, Vince, Martin e Andrew montaram a banda chamada "Composition of Sound", na qual Vince era o vocalista.


Dave Gahan juntou-se à banda no mesmo ano, depois que Clarke o ouviu em uma sessão local da "Scout Hut Jam Session", cantando uma versão de "Heroes", de David Bowie, ali, foi formado o Depeche Mode.
Gore lembrou que a primeira vez que a banda tocou como Depeche Mode foi um show escolar em junho de 1980.
(na realidade, foi o primeiro show com o Dave nos vocais, o nome "Depeche Mode", foi batizado, alguns meses depois disso.)
Há uma placa comemorando o show na Escola James Hornsby em Basildon, onde Gore e Fletcher eram alunos.


A banda fez sua estreia em 1980, no Some Bizzare Album com a música "Photographic".



Mais tarde re-gravada para seu primeiro álbum Speak & Spell.


E que teve 3 singles extraídos do album : Dreaming Of Me (originalmente não fazia parte do album, mas em algumas edições, essa faixa consta), New Life, Just Can't Get Enough.






A partir desta data até a atualidade, todos já conhecem o Depeche Mode.
A maior banda eletrônica da História e sim : a trilha sonora da vida de muitos fans, inclusive esse aqui que vos escreve...

Fontes :
Wikipédia
https://dmlive.wiki/wiki/Main_Page

Adaptação, Tradução e Edição : JeanBong13
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sábado, 6 de junho de 2020

Curiosidade Sobre "Excerpt From My Secret Garden", no 7'' de Leave In Silence.

"Excerpt From My Secret Garden", o Lado-B de Leave in Silence todo mundo conhece, certo? 
Mas já leram o selo do 7" com atenção?
Vem escrito 33/45rpm no lado-B.
A título de comparação, o Lado-A vem dizendo apenas 45rpm (o normal pra compactos simples)








Em 18 de junho de 2007, a Mute lançou um box com todos os seus singles lançados entre o lançamento do selo até 1984 (mais ou menos), incluindo os lados-B.
O Box : "Mute Audio Documents 1978-1984".













Qual a surpresa ao descobrir que a versão de "Excerpt From My Secret Garden" nesses CDs é a que toca a 33rpm.
Sim, soa terrível, especialmente pra quem se acostumou a ouvir a versão que roda a 45rpm (e é a mesma no cd-single de 1991, no remaster de 2006 e em todos os relançamentos em cd/digital dessa faixa até hoje, com exceção dessa coletânea da Mute).
Mas mostra que os rapazes pelo menos estavam tentando experimentar com algumas coisas e não seguir um caminho fácil.
Leave in Silence foi o 2º single a não ter um lado-B 100% original (o outro foi JCGE, com a versão instrumental de Any Second Now): duas versões instrumentais feitas a partir de My Secret Garden.
Mas essa versão "dúbia" é só no compacto.
No 12", o lado b toca a 45rpm mesmo. Não tem outra versão do "Further Excerpts..." além da já conhecida.

Texto : Daniel Cassus
Complementos : JeanBong13

Faith & Devotion !!!
JeanBong13