sábado, 3 de julho de 2021

Parabéns Vince Clarke !!!

E hoje, quem completa mais um ano de vida, é o Vince Clarke ! 

Parabéns Vince ! 

Muitos anos de vida ! Saúde & paz !

Aqui, uma retrospectiva rápida :


Vince Clarke (Nascido Vincent John Martin, 3 de julho de 1960) é um músico e compositor inglês. 

Clarke tem sido o principal compositor e músico da banda Erasure desde sua criação em 1985, e foi anteriormente o principal compositor de vários grupos, incluindo Depeche Mode, Yazoo, e the Assembly. 

No Erasure, ele é bem conhecido por seu comportamento de altos e baixos no palco, muitas vezes permanecendo imóvel sobre seu teclado, em contraste acentuado com as travessuras animadas e hiperativas de Andy Bell. 

Erasure gravou mais de 200 músicas e vendeu mais de 28 milhões de álbuns em todo o mundo.

Vince Clarke foi introduzido no Hall da Fama do Rock and Roll em 2020 como membro do Depeche Mode.

Início da vida :

Vincent John Martin nasceu em South Woodford, Essex; mais tarde mudou-se para Basildon, Essex. 

Ele inicialmente estudou violino e depois piano, mas ele foi inspirado a fazer música eletrônica ao ouvir Orchestral Manoeuvres in the Dark (Juntamente com OMD, outras influências iniciais incluíram The Human League, Daniel Miller, e Fad Gadget.)

Carreira :

Bandas primitivas

No final da década de 1970, Clarke e o colega de escola Andy Fletcher formaram uma banda de curta duração chamada No Romance In China. 

Em 1980, ele se juntou a Robert Marlow e Martin Gore para formar o French Look.

Depeche Mode

Em outra banda, chamada Composition Of Sound, seguiu-se em 1980; se apresentava junto com Gore e Fletcher. 


Clarke forneceu vocais até que o cantor Dave Gahan se juntou à banda, que foi renomeada como Depeche Mode. 

Na época, ele adotou o nome artístico Vince Clarke, pelo qual ele é conhecido atualmente. 

A banda inicialmente adotou um som de electropop, lançaram o álbum Speak & Spell e os singles escritos por Clarke : "Dreaming of Me", "New Life" e "Just Can't Get Enough" em 1981.

Clarke deixou o Depeche pouco tempo depois. 

Havia muitos motivos para sua partida. Ele comentou sobre o material posterior do Depeche Mode como sendo um pouco dark para seu gosto, mas bom, no entanto. 

Clarke também afirmou que não gostava dos aspectos públicos do sucesso, como turnês e entrevistas, e se encontrava frequentemente em desacordo com seus colegas de banda, particularmente no ônibus da turnê.

Ele também afirmou:

 "Acho que todo mundo da banda, especialmente eu, imaginava que a razão pela qual estávamos indo tão bem era por causa de si mesmos ... Éramos muito jovens e muito sortudos, e as coisas tinham acontecido muito rapidamente para nós, e não acho que fomos realmente maduros para lidar com a situação."

Clarke foi substituído pelo músico Alan Wilder, e Depeche Mode alcançou o estrelato internacional.

Yazoo

Clarke então se juntou à cantora Alison Moyet (na época conhecida pelo apelido de Alf) para formar a popular banda de synthpop Yazoo (conhecida como Yaz nos EUA), que produziu dois álbuns e uma série de sucessos, incluindo "Only You", "Don't Go", "Situation", "The Other Side of Love", "Nobody's Diary" e "Walk Away from Love".


Yazoo se desfez em 1983, e Moyet passou a ter uma carreira solo de sucesso.

 Yazoo se reuniu em 2008 para uma série de shows ao vivo para comemorar 25 anos desde a separação da dupla.

The Assembly

Clarke se juntou a Eric Radcliffe em 1983. A ideia deles era colaborar com diferentes artistas em cada novo single, sob o nome de The Assembly.


Com o cantor Feargal Sharkey eles marcaram o top 5 do hit britânico "Never Never". 

Enquanto isso, Clarke fundou a gravadora Reset Records com Radcliffe. Durante 1983 e 1984 produziu quatro singles, "The Face of Dorian Gray", "I Just Want to Dance", "Claudette" e "Calling All Destroyers" para seu amigo Robert Marlow, que foram lançados nesta gravadora. Eles também produziram um álbum, no início arquivado, mas lançado muito mais tarde em 1999, sob o nome de The Peter Pan Effect. 

Em 1985, outra colaboração ocorreu com Paul Quinn de Bourgie Bourgie; o resultado foi o single "One Day" de Vince Clarke & Paul Quinn. 

No entanto, o projeto nunca decolou, e Clarke passou para outros projetos.

Erasure

No início de 1985, Clarke colocou um anúncio em Melody Maker para um cantor, e um dos candidatos foi Andy Bell, que era fã de seus projetos anteriores. 


Ele se juntou a Bell para formar o grupo Erasure, e a dupla se tornou um dos maiores sucessos da música britânica com sucessos internacionais como "Oh L'amour", "Sometimes", "Chains of Love", "A Little Respect", "Drama!", "Blue Savannah", "Chorus", "Love to Hate You", "Take a Chance on Me" e "Always".

A dupla lançou muitos  álbuns de estúdio e desfrutou de uma longa série de singles de sucesso que abrangem suas quatro décadas juntos.





A Depeche Mode Brasil deseja "Longa Vida" a esse grande "Mestre da Música Eletrônica".
E obrigado por ser um dos fundadores do Depeche Mode !
Faith & Devotion !!!
JeanBong13




Nenhum comentário:

Postar um comentário