sábado, 7 de março de 2020

Show Na Berlim Oriental - 07 03 1988 - Music For The Masses Tour - East Europe 1988

Em 7 de março de 1988: a MFTM tour fez uma parada em Berlim Oriental, no Werner Seelenbinder Halle.

(O local do show - não existe mais, hoje é um velódromo)

Um show que eles nem ganharam pra fazer, mas que fizeram porque sabiam que tinham muitos fãs do outro lado do muro, porque recebiam muitas cartas.
Alguns países eram mais abertos do que outros, daí irem fazendo show primeiro na Hungria e Polônia, depois Checoslováquia e por último Alemanha Oriental. Apesar dos regimes comunistas já estarem ruindo durante os anos 80 (ainda mais depois da Perestroika e com menos $$$ vindo da URSS pra fechar as contas desses países), ainda eram fechados nesse sentido de não poder levar pagamento em outra moeda, ou levar a moeda nacional embora...
Realmente eram shows feitos pros fãs mesmo.

(Ingresso verdadeiro do show, reparem que nem consta o nome da banda que iria se apresentar, no caso, o Depeche Mode).

Os ingressos não foram vendidos, mas distribuídos pros jovens que eram membros da FDJ (Associação da Juventude Livre Alemã - não tão livre assim, mas o máximo que as pessoas podiam ter de direito de reunião eram essas associações, ainda que monitoradas pela STASI).

(Ingresso falso para o show, a tonalidade era uma das diferenças)

JD Fanger vinha tentando acertar um show em Berlim Oriental desde 1985.
Eles já vinham fazendo shows nos países do bloco soviético desde 1985 na Hungria, Polônia e Checoslováquia.
A Alemanha Oriental que era mais "complicada", apesar de uma pressão enorme de fãs (as rádios e TVs ocidentais também pegavam no lado Oriental, né?)

(Visto do Fletch para poder entrar e tocar na DDR (Republica Democrática Alemã - Alemanha Oriental).
O show foi anunciado como um show de aniversário da FDJ porque no local escolhido cabia um pouco menos do que 7000 pessoas e eles não tinham condições de ter que lidar com multidões de fãs do lado de fora.

Setlist:

01. Pimpf
02. Behind The Wheel
03. Strangelove
04. Sacred
05. Something To Do
06. Blasphemous Rumours
07. Stripped
08. Pipeline
09. Things You Said
10. Black Celebration
11. Shake The Disease
12. Nothing
13. Pleasure, Little Treasure
14. People Are People
15. A Question Of Time
16. Never Let Me Down Again
17. A Question Of Lust
18. Master And Servant
19. Everything Counts





Os ingressos foram sendo sorteados/dados em escolas e por sei la quais critérios.
Os boatos de que seria o DM só começaram a pintar uma semana antes do show e só foi confirmado por um locutor de rádio 3 dias antes.
Quem dava uma mãozinha nesses shows no bloco comunista era o promoter húngaro László Hegedus.

Aqui de cochicho com o Martin no antigo Grand Hotel (atual Westin Grand Hotel).


Dica e Texto : Daniel Cassus
Fotos : Monument

Bela história e detalhes desse show, dessa época.
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário