terça-feira, 28 de setembro de 2021

História Do Depeche Mode : Music For The Masses (Album)

Hoje na História do Depeche Mode (28 de setembro de 1987):
Data de lançamento do album Music For The Masses, no Reino Unido.


Music for the Masses é o sexto álbum de estúdio do Depeche Mode, lançado em 28 de Setembro de 1987. 
Foi a primeira vez que o Depeche Mode usou uma guitarra, e depois nunca mais a deixou de usar em suas canções e álbuns posteriores. 
É considerada a terceira obra-prima da banda cronologicamente e a segunda em importância.
Esse álbum marca o que foi considerado pela crítica um verdadeiro "salto musical". 
A partir deste, o Depeche Mode quebrou barreiras, se estabeleceu como um dos maiores representantes da música eletrônica e um dos mais influentes grupos alternativos da sua época.
O álbum foi confeccionado quando a banda estava em um dos seus auges de inspiração musical, fazendo um estrondoso sucesso nos Estados Unidos e espalhando a fama da banda pelo mundo definitivamente. 
Foi considerado um álbum bastante experimental e ainda um dos melhores dos anos 80, também devido à decisão do Depeche Mode de abandonar os samplers e partir para um som mais experimental, usando sintetizadores analógicos.
Esse álbum é constantemente citado como uma grande inspiração para a emergente música eletrônica do início dos anos 90 (especialmente a dance), mesmo com a não tão boa recepção das mudanças no Reino Unido. 
Até mesmo bandas de rock e new metal como Smashing Pumpkins e Deftones admitem terem sido fortemente inspirados pela banda e por esse álbum em especial. Entretanto, é um álbum profundo, introspectivo, outrora obscuro e dançante.
É disco de platina nos EUA, chegou a 35° lugar e 10° no Reino Unido e lançou o grande sucesso "Strangelove", tomada como uma obra de arte das pistas de dança. Bem como a fortíssima "Never Let Me Down Again" e "Behind The Wheel". Destaques para "To Have and to Hold", "I Want You Now" , a assustadora "Agent Orange" uma música instrumental que retrata a guerra fria, e a introspectiva e obscura "The things you said". 
Outra escolha considerada injusta pelos fãs foi ter feito de "Little 15" um single.
Estimativas apontam que até o final de 2007, o álbum vendeu 5.700.000 de cópias, com 1.000.000 nos Estados Unidos.



















Este álbum foi mencionado no livro 1001 Albums You Must Hear Before You Die (1001 discos para ouvir antes de morrer). É um livro de referência musical lançado em 2006, que reúne 90 jornalistas e críticos musicais de todo o mundo. Sua concepção original é de Robert Dimery, co-fundador da Rolling Stone.


Música Para As Massas ! Excelente Album !!!
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário