quarta-feira, 3 de março de 2021

Parabéns Christian Eigner !

Hoje, o baterista do Depeche Mode, faz aniversário : Parabéns Christian Eigner !!!
Nascido em 3 de março de 1971 em Viena, Áustria é um baterista austríaco conhecido por participar desde 1997 no Depeche Mode.


Eigner desde criança tocava bateria até aos 16 anos, onde começou sua carreira profissional em turnês e gravando percussão em vários álbuns.
Em 1995, ele chegou a Londres, onde pôde colaborar na equipe de produção de David Clayton e Kerry Hopwood.
Eigner iniciou sua colaboração com Depeche Mode em 1997, quando eles realizaram dois pequenos shows com o nome de Ultra Parties como a única promoção do álbum Ultra que Tim Simenon produziu para juntamente com Clayton nos teclados, substituir a ausência de Alan Wilder, que havia deixado a banda dois anos antes.


No ano seguinte, o grupo fez uma turnê chamada The Singles Tour na ocasião de sua compilação The Singles 86> 98, pela qual eles novamente convocaram Eigner. A partir dessa ocasião, juntamente com o tecladista Peter Gordeno, eles substituem a parte de Wilder no palco.
Em 2001, ele gravou a bateria da música "I Am You" no álbum Exciter do Depeche Mode e pouco depois embarcou com eles na Exciter Tour , aparecendo junto com o grupo no vídeo da música Freelove .


Para o álbum Playing the Angel do Depeche Mode, sua colaboração foi ainda mais ativa ao musicalizar com Andrew Phillpott as faixas "Suffer Well", "I Want It All" e "Nothing's Impossible ", do cantor Dave Gahan , dos quais "Suffer Well" foi até escolhida como um dos singles do álbum.
Posteriormente, ele e Gordeno participaram novamente na turnê promocional Touring the Angel da banda; e durante o curso da turnê, ele apareceu novamente no vídeo da música "A Pain That I'm Used To".



Embora ele seja uma das poucas pessoas que compuseram músicas para Depeche Mode, Eigner não foi formalmente integrado como membro da banda e não se espera que ele se torne um integrante.
No segundo álbum solo do Dave Gahan, Hourglass of 2007, Eigner novamente colaborou com o cantor e Phillpott na composição e produção de todo o álbum.
Para o álbum Sounds of the Universe do Depeche Mode em 2009, Eigner co-escreveu novamente com Gahan e Phillpott, três músicas, "Hole to Feed", "Come Back" e "Miles Away / The Truth Is", e até gravou a bateria de primeiro, bem como o tema "Fragile Tension" do álbum.
"Hole to Feed" também foi escolhido como single do álbum.
Logo, Eigner participou com o DM na turnê Tour of the Universe durante 2009-2010, até tocando o teclado para o tema "Waiting for the Night" nas datas que foram incluídas.


Em 2013, Eigner apareceu novamente com a banda no vídeo "Heaven" do álbum Delta Machine. Mais tarde, ele participou durante toda a Delta Machine Tour , onde apareceu novamente no teclado para tocar a música "When the Body Speaks".
Em 2017, Eigner co-escreveu com o vocalista Dave Gahan e com Peter Gordeno as músicas "Cover Me" e "Poison Heart" do álbum Spirit do DM, ele participou da respectiva turnê promocional da Global Spirit Tour, e da qual "Cover Me", foi o terceiro single do álbum.
Você pode ver a participação de Christian Eigner com o Depeche Mode nos concertos em Dvd : One Night em Paris de 2002, Touring the Angel: Live em Milão de 2006, Tour of the Universe: Barcelona 20 / 21.11.09 de 2010 e Live in Berlin de 2014.
(e futuramente no Live Spirits e Spirits In The Forest de 2018 - a ser lançado agora em 27 de março de 2020)


Conhecido por seu papel como baterista, Eigner realmente mudou sua especialidade, experimentando formas de música eletrônica, o que inicialmente facilitou sua colaboração com o Depeche Mode. Eigner também trabalhou com o produtor Tim Simenon para o projeto Bomb the Bass.
Projeto Paralelos ao Depeche Mode :
Desde 1997, Eigner, juntamente com os músicos austríacos Karl Ritter e Al Slavik, formaram a banda Sel Gapu Mex , gravando um álbum e fazendo turnês em 2006.
Em 2005, com seu compatriota Erich Buchebner, eles musicalizaram o filme austríaco Die Viertelliterklasse.
Ainda em 2005, após sua contribuição para Depeche Mode, Eigner também fez seu primeiro álbum solo "Recovery".
Dado o bom resultado de sua colaboração com Andrew Phillpott, eles trabalharam como um dueto sob o nome Das Shadow, produzindo remixes de temas eletrônicos, entre os quais a dupla Erasure coincidentemente .
No final de 2009, com Daryl Bamonte e o vocalista Florian Kraemmer formaram o projeto Compact Space, eles gravaram um álbum com músicas escritas por eles três, juntamente com Andrew Phillpott.
Em agosto de 2016, ele gravou com Martyn LeNoble, bem como com Mark Lanegan e Dave Gahan, do DM, uma versão da música "Cat People (Putting Out Fire)", original de Giorgio Moroder e David Bowie de 1982, que eles disponibilizaram. digitalmente.

2017-2018 tocou na tourné Global Spirit Tour do Depeche Mode, que passou pelo Brasil, e participou em 05 de fevereiro de 2018, do "takeover" oficial da banda :


https://www.facebook.com/depechemode/posts/hi-im-christian-eigneri-think-most-of-you-probably-know-who-i-am-but-for-those-w/10157395019780329/

Na minha opinião, com a entrada do Christian, a sonoridade do Depeche Mode nos shows, ficou mais dinâmica e melhor ! Deu uma "nova vida" as músicas !

Fonte : Wikipédia.
Adaptação : JeanBong13

Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário