sábado, 6 de março de 2021

História Do Recoil : Liquid (Album)

Hoje na História do Recoil (06 de março de 2000): 

Data de lançamento do album Liquid, no Reino Unido.


"Liquid" é o terceiro álbum de estúdio da banda Recoil, lançado pela Mute Records em 6 de março de 2000. (sem contar o Hydrology Plus 1+2, que são eps reunidos, como album).
Foi gravado no estúdio de Alan Wilder, The Thin Line, em Sussex, durante sessões que duraram de julho de 1998 a junho de 1999. 
O álbum foi produzido por Alan Wilder, com assistência de produção e coordenação por Hepzibah Sessa, e produção adicional e design de som por PK. 
A música de Liquid continua na mesma linha de seu álbum anterior, Unsound Methods, mas considerada um álbum conceitual girando em torno de uma experiência de quase-morte em 1994. Wilder e Hepzibah Sessa, estavam dirigindo na Escócia e um Bombardeiro Tornado atingiu uma encosta na frente deles, e dois aviadores foram mortos. 
A ideia do álbum, especialmente a faixa "Black Box", centrada no que estava passando pelos últimos momentos da vida do piloto.
Recoil novamente escolheu um conjunto diversificado de vocalistas convidados - internacionalmente aclamado (da mesma gravadora, a Mute)  Diamanda Galás, cantores gospel dos anos 1940, o Golden Gate Jubilee Quartet, os artistas que fazem declamações de Nova York, Nicole Blackman e Samantha Coerbell, e a narradora catalã (e fã do Recoil) Rosa Torras. 
Outros músicos adicionais foram : Dean Garcia (baixo) e Steve Monti (bateria), do Curve, Ian Dury e Merlin Rhys-Jones (guitarra) e Hepzibah Sessa (violino) do Miranda Sex Garden.
Destacam-se as faixas :
 "Jezebel", que conta com o The Golden Gate Jubilee Quartet, lançada inclusive como single.
"Strange Hours", que também saiu em single.
"Want", que saiu posteriormente, em single digital, em 17 de outubro de 2010, para a divulgação da coletânea "Selected".






Release Autografado (Coleção Particular JeanBong13):

Faith & Devotion !!!

JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário