quinta-feira, 30 de julho de 2020

História Do Depeche Mode : I Feel Loved (Single)

Hoje na História do Depeche Mode (30 de julho de 2001):
Data de lançamento do single de I Feel Loved, no Reino Unido.









"I Feel Loved" é o segundo single do álbum Exciter. 
Em 2002, a canção foi indicada para dois Grammy Awards. Um para Melhor "Best Dance Recording" e o Remix de Danny Tenaglia para Best Remixed Recording, mas perdeu para Janet Jackson "All For You" ; e para o remix de Deep Dish da Dido "Thank You".
O vídeo tem o Depeche Mode se apresentando em um clube. 
O cenário é de um ambiente quente e suado. 
O clube é abordado por um conjunto de policiais K9, com cães latindo e com raiva (para que propósito não está claro). 
A segurança do local só sorri e deixa os policiais passarem. 
O público parece desconhecer os cães que se agarram e rosnam – e os cães lentamente cedem a um temperamento amoroso, lambendo aqueles que prestam atenção a eles. 
Isso parece sugerir que o clube está cheio de amor e afeto a todos que lá entram.
Há vídeos remix de Dan-O-Rama, uma versão longa, e uma versão curta. 
As duas versões remix são compostas de imagens de produção modificadas do vídeo original (que não são disponíveis até hoje, em material da banda).
A versão original não foi lançada em um vídeo público até que The Best Of: Volume 1 foi lançado em 2006. 
Uma versão usando a "Danny Tenaglia Radio Edit" da canção também existe, mas foi retirada do site oficial e o esforço da gravadora para promovê-la foi descartado.
O single limitado do Reino Unido (LCD) é enhanced; com quatro videoclipes da banda (desde a gravação do álbum, uma sessão de fotos de Anton Corbijn, e o "Making Of" do clipe de Dream On), uma imagem de papel de parede e uma interface animada.
Este foi um dos títulos mais fortes, em relação aos remixes disponíveis. 
Para ambos : I Feel Loved, e Dream On, a gravadora dos EUA teve concursos de remix na internet. 
Das centenas de remixes apresentados, a gravadora fez algumas compilações de CD-Rs das melhores mixagens para dar à banda (bem como para uso interno). 
A maioria desses remixes ainda não viram a luz do dia, oficialmente. 
Um remix : NYC Remix, foi feito pelo remixer Peter Rauhofer (Club 69) e apareceu em um "White Label" não autorizado.
The BRAT Mixes para I Feel Loved; foram remixes comissionados, mas não foram usados.
Excelente faixa dançante, com muitos remixes e promos !!!
Para o album "Exciter", um ótimo disco, apesar de ser meio incompreendido pelos fans.
Faith & Devotion !
JeanBong13

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Martin L. Gore - 59 Anos ! Parabéns !!!


Hoje, Martin L. Gore completa 59 anos !!!
A Depeche Mode Brasil, deseja à você tudo de ótimo, que seu caminho seja de muita Paz, Amor e Felicidade !!!
Que você seja abençoado, sempre...
São Nossos Sinceros Votos de Feliz Aniversário !!!


Parabéns ao compositor que conseguiu expressar as coisas que fazem muito sentido em toda a minha vida !


Belíssimas letras, sejam elas de amor, desejo ou sobre a vida em comum, sempre foram uma descrição do meu modo de viver... (durante - por enquanto - esses meus 36 anos de fã)
É praticamente uma "religião", um guia, um livro espiritual !
Chamar de gênio, é pouco, é realmente um "semideus", sem sombra de dúvidas.
E óbvio, só posso agradecer a Deus, por ter colocado esse "semideus", em meu caminho.
Suas letras me fazem feliz, me completam, amparam e iluminam mesmo a minha trajetória...
Muito obrigado por ajudar a fazer que a minha vida tenha uma ótima trilha sonora...




Você é nosso Mestre !
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Violator : The 12'' Singles - Box Set


Hoje, 17 de julho, é o lançamento do box de série limitada em vinil, do Violator : The 12" Singles.
Dos Box Sets lançados até agora, é o primeiro que vem com material extra e alguma coisa realmente interessante para quem já tem tudo... (é o famoso "caça níqueis com algo a mais", prá fazer os fans, comprarem novamente, o mesmo material.


Este box contém 10 discos com as versões original e limitada de cada single, incluindo a versão em vinil de "Quad: Final Mix" de "Enjoy The Silence" (que tem a rosa desenhada no lado b), a edição limitada e lacrada em plástico azul de "World In My Eyes", mais um 12" de "World In My Eyes" Promocional, apresentando um remix raro.
Inclui ainda : o poster de "Enjoy The Silence", adesivos escrito "Limited Edition Remix", e o encarte em tamanho grande das fotos diferentes de "Personal Jesus" que na época, cada formato de single (7'', K7 Single, 12'' e L12''), vinham com cada integrante da banda.













Violator The Singles 12 " :

01.- Personal Jesus (12BONG17)
02.- Personal Jesus - Remix (L12BONG17) 
03.- Enjoy The Silence (12BONG18)
04.- Enjoy The Silence - Remix (L12BONG18)
05.- Enjoy The Silence - Remix (XL12BONG18) - Etched 
06.- The Policy Of Truth (12BONG19)
07.- The Policy Of Truth - Remix (L12BONG19) 
08.- World In My Eyes (12BONG20)
09.- World In My Eyes - Remix (L12BONG20) - Blue sealed edition
10.- World In My Eyes - Promo (P12BONG20)

Disc 1: Personal Jesus (12BONG17):
Personal Jesus (Holier Than Thou Approach)
Dangerous (Sensual Mix)
Personal Jesus (Acoustic)

Disc 2: Personal Jesus - Remix (L12BONG17):
Personal Jesus (Pump Mix)
Personal Jesus (Telephone Stomp Mix)
Dangerous (Hazchemix)

Disc 3: Enjoy The Silence (12BONG18):
Enjoy The Silence (Single Version)
Enjoy The Silence (Hands And Feet Mix)
Enjoy The Silence (Ecstatic Dub)
Sibeling (Single Version)

Disc 4: Enjoy The Silence - Remix (L12BONG18):
Enjoy The Silence (Bass Line)
Enjoy The Silence (Harmonium)
Enjoy The Silence (Ricki Tik Tik Mix)
Memphisto (Single Version)

Disc 5: Enjoy The Silence - Remix (XL12BONG18):
Enjoy The Silence (The Quad: Final Mix)

Disc 6: The Policy Of Truth (12BONG19):
Policy Of Truth (Beat Box Mix [Edit])
Policy Of Truth (Capitol Mix)
Kaleid

Disc: 7 The Policy Of Truth - Remix (L12BONG19):
Policy Of Truth (Trancentral Mix)
Kaleid (Remix)
Policy Of Truth (Pavlov's Dub)

Disc 8: World In My Eyes (12BONG20):
World In My Eyes (Oil Tank Mix)
Happiest Girl (Kiss-A-Mix)
Sea Of Sin (Sensoria)

Disc 9: World In My Eyes - Remix (L12BONG20):
World In My Eyes (Dub In My Eyes)
World In My Eyes (Mode To Joy)
Happiest Girl (The Pulsating Orbital Mix)

Disc: 10 World In My Eyes - Promo (P12BONG20):
World In My Eyes (Mayhem Mode)
Happiest Girl (The Pulsating Orbital Mix [Instrumental])

Com certeza, será um dos box mais vendidos rapidamente, pois além dos extras, é considerado o "grande album" do Depeche Mode.

Daniel Cassus : Obrigado pelas fotos !!!
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

terça-feira, 14 de julho de 2020

Depeche Mode e as Drogas, os difíceis anos de reabilitação.

A idéia dessas "matérias mais pesadas", não é querer denegrir a imagem do Dave ou do Martin, não é mostrar apenas o "lado ruim" das drogas, mas sim, o "lado positivo" do "ser humano", em sua vontade de querer viver, de se reabilitar, de ficar "limpo" e voltar a ter uma vida tranquila e saudável, superar essa fase / dificuldade de um "mal" que atormenta e atinge a muitas famílias...


São matérias para incentivar aos fãs do Depeche Mode que estão em uma situação parecida ou que sabem de alguém que está passando por isso, que você tem que tentar, tem que se esforçar, que você pode conseguir...
Cito aqui uma frase atribuída a John Lennon :
"O sonho acabou, vamos encarar a realidade. Não se drogue por não ser capaz de suportar sua própria dor. Nenhum lugar fará você se sentir um homem. Eu estive em todos os lugares e só em encontrei em mim mesmo".


Vamos aqui, falar um pouco sobre o alcoolismo do Martin L. Gore...
A turnê aparentemente interminável do Depeche Mode entre 93 a 94, causou danos a Dave Gahan, mas também foi difícil para Martin L. Gore...


De acordo com Alan Cross, em seu livro, "Depeche Mode: The Secret History", (lançado em 2012), Gore já havia sofrido ataques de pânico, mas aumentou a um ritmo alarmante, enquanto viajavam de cidade em cidade, durante a Devotional - Exotic Tour.


Em uma reunião de negócios, em Los Angeles, Martin sofreu uma grande convulsão e precisou ser hospitalizado imediatamente!
Os médicos na época, atribuíram tal 'crise', aos anos de estresse, drogas e consumo excessivo de álcool...
E Martin lutou muito contra a dependência do álcool:
"Eu fui um alcoólatra em potencial durante anos! E sabia desde muito novo, que tinha problemas com a bebida", disse ele ao 'The Guardian'.
"Era encorajador para os astros do rock, ficar 'fora de controle'!
E eu sabia que tinha ficado 'fora de controle', quando meu café da manhã consistia em duas vodkas duplas!"
Durante a The Singles Tour, em seus momentos de descanso pelos hotéis, Martin sempre se dirigia aos bares onde estava hospedado, e fazia alguns shows no piano, em geral, com muita bebida.
Viraram noites históricas, que renderam cds bootlegs, chamados de "Hotel Session"...


Embora nenhum show tenha sido cancelado por causa do vício, seu consumo aumentou, enquanto gravava "Playing the Angel" de 2005 e ao mesmo tempo, enfrentava seu processo de divórcio..
Gahan lembrou que Gore foi a várias sessões de gravação, "um pouco bêbado", mas depois que o álbum terminou, Martin procurou ajuda e tratamento profissional.




Paralelo a isso, no dia 09 de julho de 1996, Dave Gahan compareceu perante o tribunal da cidade de Los Angeles, onde, graças à ajuda de vários conhecidos, foi emitida uma fiança de US $ 10.000, permitindo que Gahan não fosse preso.


Mas algumas coisas haviam mudado: o juiz decidiu que Gahan teria que passar por um processo de desintoxicação, passando por vários testes periodicamente (durante 2 anos, 2 testes de urina por semana), e se alguma substância proibida fosse encontrada, ele seria imediatamente enviado para a prisão!

(Revista Bizz em Julho de 1996)

As autoridades dos EUA, negaram sua entrada no país, a menos que ele estivesse sem substâncias, então Dave entrou na mesma clínica em que Kurt Cobain foi hospitalizado, no programa de reabilitação Exodus...
Embora tenha sido um processo difícil, ele o superou refugiando-se na música e mantendo-se limpo de drogas e álcool.
(Revista Bizz em Março de 1997)

Foi um novo começo e então Dave se reuniu com Gore e Fletch para descobrir o que seria, o álbum de renascimento: "Ultra".

Idéia do Texto : Veronica Bussadori
Edição, revisão e complementos : JeanBong13

Faith & Devotion !!!
JeanBong13


segunda-feira, 13 de julho de 2020

Rock & Roll Hall Of Fame foi cancelado !!!

A Cerimônia de indução ao Salão Da Fama Do Rock & Roll foi cancelada...


O evento que seria realizado em 7 de novembro de 2020 (data já remarcada, pois a data original seria 02 de maio de 2020) e no qual o Depeche Mode se apresentaria por terem sido escolhidos para fazer parte do Salão da Fama do Rock & Roll não será mais realizado para cuidar da Segurança e saúde de todos os envolvidos devido à atual pandemia de COVID-19.
Em vez disso, Depeche Mode e os outros artistas serão homenageados com um especial de TV que será transmitido na HBO e na HBO MAX no dia 7 de novembro, às 8 (dos Estados Unidos) comemorando o impacto e influência de sua música.
Uma pena que estas circunstâncias adversas tenham acontecido bem neste ano em que finalmente Depeche Mode entrou no Salão da Fama do Rock & Roll.
E hoje, dia mundial do rock no Brasil, não poderia deixar de postar algumas fotos do "Dave Rock"...






Texto : Enock Neto
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

domingo, 12 de julho de 2020

História Do Depeche Mode : Strange (VHS)

Hoje, na História do Depeche Mode 12 de julho de 1988.
Lançamento do VHS "Strange", nos EUA.




Strange é um filme em preto e branco sobre e com Depeche Mode. 
(exceto por alguns megafones aleatórios que eram coloridos de vermelho)
É a segunda compilação de videoclipes do Depeche Mode, com os cinco primeiros vídeos do Depeche Mode dirigidos por Anton Corbijn, lançado em 1988.
Corbijn gravou todo o álbum de vídeo em Super-8.
Entre os videoclipes existem curtas-metragens, também criados pelo Sr. Corbijn.
Baseado no amor ou na vida ou luxúria ou talvez nada em particular e foi filmado na França, EUA, Espanha, Reino Unido, Dinamarca e Itália.
Ele apresenta as músicas :
Question Of Time (Remix)
Strangelove (7'' Version)
Never Let Me Down Again (Split Mix)
Behind The Wheel (Album Version)
Pimpf
Abre com o último single de "Black Celebration", inclui os três principais singles do "Music For The Masses", e termina com Pimpf, faixa instrumental que encerra o album "Music", sendo este clipe, praticamente exclusivo para esse VHS.
Tempo Aproximado : 30 Minutos.
Film Director [A Black And White Mode By, Directed By, Filmed By] – Anton Corbijn
Film Producer [Produced By] – Richard Bell

Para desespero dos fans, existe uma edição limitada esgotada do vhs da época, na Europa, que incluia 6 cartões postais, sendo 4 deles autografados, por cada um dos integrantes da banda.
Bem difícil de achar, e infelizmente, quando é encontrado, é muito, mas muito caro.
Para "nosso conhecimento e desespero" :











Lindo item de colecionador !!!
Fontes : Wikipédia e Discogs
Faith & Devotion !!!
JeanBong13