quinta-feira, 19 de março de 2020

História Do Depeche Mode : Violator (Album)

Hoje na História do Depeche Mode (19 de março de 1990):
Data de lançamento do album Violator, no Reino Unido.






Violator é o sétimo álbum de estúdio do Depeche Mode, lançado em 19 de março de 1990, produzido pela banda em parceria com Flood, que já produziu álbuns como o The Joshua Tree, do U2.

Esse disco é lembrado como a obra-prima da banda, um dos mais importantes da música eletrônica e um dos melhores da história, com uma variedade de músicas muito bem aproveitada, arranjos diferentes e inspirados com uma composição sólida de ambas letras e harmonia.

O álbum foi a maior de todas as transformações sonoras da banda, abandonando o synthpop e samplers dos anos 80 e se dedicando a sintetizadores analógicos, assim fazendo músicas de dance-rock. Entrementes, é um dos mais influentes álbuns do Depeche Mode, inspirando bandas como Pet Shop Boys e Smashing Pumpkins.

Nunca um álbum de música eletrônica havia causado tanto frísson e alcançado tamanha popularidade assim desde Music for the Masses (também do DM) e Power, Corruption and Lies do New Order. Todos os seus singles fizeram um enorme sucesso e se tornaram clássicos instantâneos do grupo. É um álbum chave na história da música eletrônica, já que no mesmo ano a dance music explodiria no mundo todo, com Depeche Mode quase pastoreando o fenômeno.

O álbum estreou em 7° lugar na Billboard 200, com uma noite de autógrafos marcada para o dia do lançamento em uma livraria em Nova York. Porém, mais de 17.000 fãs apareceram, 10 vezes mais que o esperado; logo, o evento teve que ser cancelado.

Vendeu 13,5 milhões de cópias de acordo com cálculos atualizados feitos pela gravadora Mute Records (é triplo platina tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido)[carece de fontes] e recebeu uma versão remasterizada, incluindo DVD com vídeoclipes e documentário em 2006.

Este álbum é mencionado no livro 1001 Albums You Must Hear Before You Die.
Texto de Enock Neto.
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário