quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Andy Fletcher : Estudio Emme - 14/10/2011

Pela segunda vez em São Paulo, segue a resenha da fan Paula DM :


Fã de Depeche Mode desde os anos 80, mal pude conter minha alegria ao saber que teríamos um DJ Set do nosso querido Andy Fletcher em São Paulo.
A última vez que estive perto de um membro da banda, havia sido nos shows de 94 no saudoso Olympia, dias que jamais sairão da minha memória.
Enfim, havia chegado a oportunidade de ver o Andy bem de pertinho!
Fui naquela noite acompanhada do meu marido para o Estúdio Emme, no bairro de Pinheiros, bem próximo de onde morávamos.


Chegando ao local, cumprimentei alguns amigos queridos das antigas e resolvi tomar algo para esperar o show.
Logo, percebi uma pequena aglomeração num cantinho e corri para ver o que era.
Para minha surpresa, fiquei sabendo que algumas poucas pessoas seriam escolhidas para fazer um meet and greet com o Andy naquele momento!
Vi algumas pessoas sendo apontadas pelo JeanBong, do site oficial do Depeche no Brasil e não sei se por sorte ou pela minha cara de desespero, fui a última pessoa a ser escolhida por ele para entrar.  Naquele momento me despedi do meu marido e me juntei a galera, que neste momento estava em êxtase, para o grande encontro.
Quando o vi de longe já comecei a tremer... o que falar para um ídolo?
E quanto mais perto chegava a minha vez, mais ansiosa ficava.
Todos fotografando e sendo filmados e eu tremendo com meu book Making the Universe embaixo do braço para ser autografado.




Quando finalmente chegou minha vez, só consegui falar: “I am shaking”... e prontamente ele respondeu: “I am shaking as well”...
Nesse momento me abraçou e tiramos uma foto, que considero absolutamente histórica. (Aliás a cena também foi gravada)!



Saí do camarim sem conseguir pronunciar uma palavra, adrenalina a mil, sabia que aquele curto espaço de tempo havia sido um dos mais incríveis da minha vida!
Acho que jamais poderei agradecer o Jean por essa experiência...
Quando o DJ set começou, curti cada música, cada momento, com a certeza que sentiria falta de cada minuto daquela noite, para sempre...






















Minha querida Paulinha : obrigado pelo texto, pelas fotos, pela colaboração !
Eu que tenho que agradecer sempre, por você, por tua amizade !
Quanto a tua escolha para entrar no camarim, uma única explicação : "Merecimento".
(coisas do universo, que não existem explicações certas, mas que eu digo : naquele momento, era o "teu momento"... ok ?)
Mais uma vez, obrigado !
(e obrigado a todos os amigos e fans, que o Depeche Mode me proporcionou nessa longa estrada de fan).
Faith & Devotion !!!
JeanBong13

Nenhum comentário:

Postar um comentário